Sahifa fully responsive WordPress News, Magazine, Newspaper, and blog ThemeForest one of the most versatile website themes in the world.

TRATAMENTOS PARA VARIZES

Conheça alguns dos tratamentos para varizes realizados na Angiomais!

CIRURGIA CONVENCIONAL

Método utilizado há anos, a cirurgia consiste na remoção manual – ou ligadura das veias varicosas – sob anestesia, em ambiente hospitalar e com mini-incisões que contribuem para um melhor resultado estético. O procedimento exige um período de uma a duas semanas para recuperação e alguns meses com restrição de exposição ao sol.

CIRURGIA A LASER

Segundo a classificação clínica para as doenças venosas crônicas, o tratamento cirúrgico é indicado aos portadores de varizes de nível 2 a 5, ou seja: varizes com mais de 4 milímetros de diâmetro (nível 2); com edemas (nível 3); com pigmentação e eczema (nível 4); e quando há presença de úlcera (nível 5).

Atualmente, um dos tipos mais modernos de cirurgia é o que faz uso do laser. Neste caso, sob anestesia, o angiologista introduz uma microfibra ótica, da espessura de um fio de nylon, na veia doente. Em seguida, dispara-se o laser dentro do vaso lesionado. Como resultado, a veia é totalmente fechada, sendo reabsorvida pelo organismo após algum tempo.

BENEFÍCIOS DA CIRURGIA A LASER

  •  É menos invasiva do que a retirada manual da veia doente.
  •  Menor tempo de recuperação.
  • O laser pode ser aplicado em pessoas de origem oriental, pele branca, negra ou parda.
  • É um procedimento seguro e efetivo.

LASER TRANSDÉRMICO

  • É um método que combina a utilização do laser transdérmico para vasos (NdYAg1064) e a escleroterapia (aplicação) com glicose 75%, associados à utilização de jatos de ar gelado sobre a pele para diminuir o desconforto.
  • Utiliza-se, ainda, um aparelho de realidade aumentada para melhorar a visualização das veias que nutrem os vasinhos.
  • É um método seguro e eficaz.

ESCLEROTERAPIA COM ESPUMA

  •  Na literatura médica internacional o método é tido como tão ou mais seguro que a cirurgia convencional.
  • É um método de destruição química da veia varicosa.
  • Este tratamento consiste em realizar punções nas veias comprometidas, com injeção de medicamento com consistência de espuma no interior das mesmas, acompanhado por um exame de ultrassom ou fleboscopia.
  • A espuma tem a característica de destruir as células da veia varicosa. Essa destruição provoca a oclusão e fibrose da veia, que aos poucos é reabsorvida pelo organismo.
  • O tratamento exige uso de meia elástica.
  • Não existe necessidade de anestesia ou internação, incisões ou extração mecânica das veias.
  • Não requer repouso; ao contrário, recomenda-se manter vida ativa.
  • O controle do tratamento é semanal, por um período médio de 2 a 4 semanas, quando será avaliada a evolução do processo inflamatório e a possível necessidade de punção da veia varicosa para esvaziamento de coágulos.

Para conhecer outros tratamentos, acesse o www.angiomais.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *