Sahifa fully responsive WordPress News, Magazine, Newspaper, and blog ThemeForest one of the most versatile website themes in the world.

SIM, É POSSÍVEL TRATAR AS VARIZES SEM DOR!

O medo da dor é um dos motivos que impedem as pessoas de buscarem tratamento para as varizes. Entretanto, o avanço da tecnologia está permitindo que os procedimentos sejam cada vez mais seguros e menos desconfortáveis.

É o caso dos tratamentos minimamente invasivos, como a Radiofrequência, ou os que utilizam jatos de ar gelado sobre a pele para diminuir o desconforto, como o ClaCS. Em outros casos, também pode ser administrada anestesia com ou sem sedação.

Vale lembrar que as varizes não são um problema exclusivamente estético, mas também podem ser sinais de doenças mais graves. Logo, analisá-las e tratá-las é fundamental para a saúde.

Conheça os principais tratamentos oferecidos pela Angiomais!

DUPLEX-SCAN: A EVOLUÇÃO DA ULTRASSONOGRAFIA

Também chamado de “doppler”, o duplex-scan é um exame bastante utilizado na avaliação dos vasos sanguíneos e diagnóstico das suas doenças, como obstruções vasculares arteriais dos membros e do cérebro, trombose venosa profunda e doenças nas artérias dos rins.

Essa técnica é derivada da ultrassonografia, porém mais completa, atingindo alto grau de confiabilidade.

Confira os seus benefícios:

  •  Fornece diferentes informações para o médico: o diâmetro da veia, a velocidade e a direção do fluxo do sangue, a presença de estreitamentos ou obstruções nas artérias, além de sinais de refluxo.
  •  É importante no planejamento do tratamento das varizes, pois complementa o exame médico, localizando com exatidão as veias que estão disfuncionais e necessitam ser removidas.
  •  É um exame não invasivo e totalmente indolor, ou seja, não há necessidade de punções com agulhas ou ingestão de medicamentos.
  •  Não expõe o paciente aos raios – X, uma vez que o duplex-scan usa ondas sonoras para obter suas informações.

CLaCS

Conheça os principais benefícios da técnica CLaCS no tratamento de varizes:

  •  Por se tratar da associação de duas técnicas – Crio Laser + Crio Escleroterapia (daí o nome do procedimento) – potencializamos o efeito do tratamento e, consequentemente, diminuímos o número de sessões.
  •  Ao resfriarmos a pele, por meio da aplicação do jato de ar gelado, diminuímos o incômodo causado pelo procedimento.
  •  Não há necessidade de repouso absoluto após o procedimento.
  •  Em alguns casos, o CLaCS pode evitar uma cirurgia de varizes.

LASER

O laser é um dos tratamentos mais indicados para o tratamento dos vasinhos. Mas você sabe como ele age?

  •  O laser emite uma luz que penetra a pele.
  •  Essa luz é absorvida pelo sangue, causando o seu aquecimento, a contração do vaso e, consequentemente, sua oclusão.
  •  A veia doente torna-se um tecido fibroso.
  •  O sangue, então, passa a circular por outras veias saudáveis.

SAFENA A LASER

O tratamento de veias safenas insuficientes pode ser realizado com laser no consultório, sem a necessidade de internação. A técnica permite realizar a termoablação da veia doente, isto é, a sua destruição através do calor. Em outras palavras, a safena é “queimada” em vez de retirada por meio de incisões. Como se trata de um procedimento sem cortes, o paciente sente menos dor, mais conforto e retorna rapidamente às atividades de rotina.

RADIOFREQUÊNCIA PARA VARIZES

A radiofrequência é um procedimento muito conhecido para o rejuvenescimento do corpo e do rosto. Mas você sabia que ela também pode ser utilizada no tratamento de varizes e até da Insuficiência Venosa Crônica (IVC)?

Conheça os benefícios dessa técnica para a Angiologia!

  •  É um procedimento minimamente invasivo que permitem atingir o mesmo objetivo final de uma cirurgia.
  •  Pode substituir o método clássico de tratamento de varizes, em que as principais veias (veia safena interna e/ou externa) são retiradas cirurgicamente.
  •  Evita a formação de trombos em outras veias adjacentes, especialmente no sistema venoso profundo, sendo um fator determinante na prevenção de potenciais complicações.
  •  Menos dor e hematomas.
  •  Pode ser realizada com ou sem sedação.
  •  Pós-operatório rápido e tranquilo.

⠀00Consulte um angiologista para que ele avalie qual é o tratamento mais indicado para o seu caso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *