Sahifa fully responsive WordPress News, Magazine, Newspaper, and blog ThemeForest one of the most versatile website themes in the world.

Tudo que você precisa saber sobre aplicações

Aplicações são utilizadas tanto no caso de vasinhos, que são aquelas veias mais finas e visíveis que normalmente lembram uma teia de aranha de cor avermelhada, quanto no caso das microvarizes ou varizes reticulares. Envolvem procedimentos simples e tão eficazes quanto procedimentos complexos como as cirurgias, que consiste em aplicar uma substância para obstruir a veia varicosa ou promover um processo inflamatório nos vasinhos, para interromper a circulação local.

Vamos explicar agora como funciona cada um dos procedimentos que usam aplicações:

Escleroterapia líquida

O objetivo desse tratamento de aplicações é corrigir pequenos vasinhos dilatados ou malformados. Na maioria das vezes é feito como tratamento para corrigir uma complicação estética da doença venosa crônica.

Para a realização do procedimento não há a necessidade de hospital, e pode ser feito em consultório. São aplicados medicamentos esclerosantes nos vasinhos e veias alteradas para obstruir o fluxo sanguíneo. Como são veias malformadas ou que estão com problemas, não são essenciais para a circulação do sangue, que busca por veias saudáveis para continuar a circular.

Como esses vasinhos são obstruídos, perdem a cor avermelhada e muitas vezes acabam reabsorvidos pelo próprio corpo, melhorando o aspecto da região afetada. Quando os vasinhos estão conectados às veias varicosas não é recomendado fazer o procedimento, sendo necessário primeiro tratar as varizes, causa do problema.

A aplicação é feita com o uso de um líquido esclerosante, que é injetado nos vasinhos com a ajuda de microagulhas. Não é preciso anestesia, nem cortes ou internação hospitalar. Após o procedimento é comum observar vermelhidão na região – que desaparecerá em até 7 dias , e é preciso evitar atividade física no dia em que for realizado o tratamento.

As sessões podem ser realizadas semanalmente ou a cada 15 dias, de acordo com a avaliação prévia.

Escleroterapia com Espuma densa

As aplicações com espuma densa são ideais para serem feitas diretamente nas veias atingidas pelas varizes. São feitas punções na região afetada visualizadas por Ultra Som e é injetado um medicamento em forma de espuma. Por ter menor densidade é ideal para vasos sanguíneos maiores, por isso utilizado nas veias varicosas.

Não é necessário internação ou anestesia, podendo a escleroterapia com espuma densa ser realizada no consultório médico. Em alguns casos pode ser utilizada a termoanestesia (resfriamento local), para amenizar a dor de pacientes mais sensíveis.

Após a injeção da substância, a veia varicosa será obstruída e aos poucos reabsorvida pelo próprio organismo. Durante o tratamento será preciso utilizar meia elástica, para garantir sua eficácia e é recomendado manter uma vida ativa, para que o próprio corpo busque por veias saudáveis e reabsorva mais rapidamente aquelas que passaram pelo procedimento.

As sessões são realizadas semanalmente e é recomendado ter acompanhamento médico durante todo o período, para se avaliar a evolução das veias que passaram pelo procedimento. O objetivo dessa avaliação é observar se não houve nenhuma complicação após o tratamento.

Agora você já sabe como são feitas as aplicações. Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho como angiologistas em Belo Horizonte e Contagem.

Comentários estão fechados.